Blog da Produção Musical por Dennis Zasnicoff

| music business | Como Usar o YouTube para Promover Sua Música

youtube_fama_sucesso_musicaMais uma do grande Bob Lefsetz.

Tradução, adaptação, pitacos e opiniões (sempre entre parênteses) por minha conta.

Se gostar, mande seus elogios para mim. Se não gostar, reclame com ele, ok!?


 

FREQUÊNCIA

Mergulhe de cabeça. Quem não arrisca não petisca. Crie conteúdo regularmente (como eu fazia há uns anos atrás aqui no blog... lembra?.. cheguei a postar todo santo dia, por vários meses seguidos). Uma vez por semana no mínimo. Não pense em quantas pessoas vão ver, saia desse foco, pense que está melhorando, afinando, crescendo. É o começo das suas 10.000 horas (sempre comento sobre isso por aqui e na Academia: carreira, consistência, paciência... não queira resultados imediatos, mas pode esperar bons resultados se persistir... dê tempo ao tempo). As publicações meia-boca não duram quase nada, não espere muita repercussão, nem mesmo dos seus melhores posts. Lembra de Harlem Shake, do mês passado? Já era. Ninguém vai "descbrir" sua música meia-boca. Não conte com a sorte. Porém muitos vão descobrir sua boa música, quando ela se tornar boa.

 

O QUE

Tudo. Qualquer coisa. Covers. Originais. Acústicos. Com certeza você já vacilou muito no passado, ficava tenso durante gravações de estúdio, ou com as opiniões dos outros. Seu objetivo é ficar relaxado na frente da câmera. Experimentando, você chega lá, vai começar a criar vídeos de boas interpretações. Quando encontrar o formato que funciona, continue com ele. A Indústria Musical ainda cha que o importante é perfeição, mas não é e nunca foi. O importante é verruga (haha, traduzi ao pé da letra e gostei: verruga na testa, imperfeições naturais, o que é orgânico e verdadeiro... todo mundo percebe quando a coisa é forçada, artificial, exagerada, copiada... pra mim não tem nada pior, detona o artista na hora). Sua meta é se tornar assunto: comentado, caracterizado, descrito, identificado. Fique de bem com suas imperfeições, esqueça os erros.

 

TORNANDO-SE VIRAL

Não entre nessa, porque é difícil segurar a responsa (pois é, aí já tive que recorrer à minha fraca gramática paulista e informal... mas acho que você me entendeu... ninguém tem a fórmula para fabricar virais, nem hits.. você pode ter sorte hoje e depois nunca mais... aí já era... depressão... e falsas expectativas no público). Você ACHA que deseja sucesso instantâneo, mas no fundo não é isso que quer. Lembra-se de Rebecca Black? (tabém já escrevi sobre ela aqui no blog.. se não me engano, na época, arriscava dizendo que ela sumiria em breve para nunca mais ser lembrada). Isso não significa que não deve seguir a onda. Se um estilo de vídeo funciona, pegue carona (mas cuidado para não parecer plágio... repito, perigoso!). Marketing não é força bruta. Não é aparecer em todo lugar. Marketing é pesquisa, ver o que funciona, arriscar, medir, adaptar.

 

NÃO PRECISA SER MÚSICO

Acorda cidadão! Se não gosta de treinar, prefere ficar na net e fazer vídeos ao invés de tocar mal - e sozinho - no quarto, lembre-se que há outros caminhos para a fama. Aliás, este é o segredinho dos novatos ambiciosos: eles não querem ser músicos, eles querem ser famosos. No YouTube você pode se vestir como quiser, manda bala! (eu acho que o Lefsetz deveria ter complementado aqui, mas enfim... lá vai: sem problemas você querer ser famoso, freak, diferente e aparecido... mas não espere ter uma carreira longa.. nem satisfatória, nem respeitosa... dinheiro talvez, por um certo tempo... e alguns puxa-sacos nada fiéis).

 

SEJA CRIATIVO

(Aí sim! Isso pra mim é tudo... vou até abrir um parágrafo por conta própria, com licença Sr. Bob:)

*************

Ontem mesmo eu lia um livro sobre Raspberry Pi, um mini-computador que muito me interessa para alguns projetos por aqui. O autor do livro (e do computador) abre o texto dizendo que o projeto foi desenvolvido com apenas um objetivo em mente: incentivar a criatividade nas crianças - através da programação, solução de problemas, criação de sistemas. Comentava que os jovens hoje chegam à faculdade de computação com pouca experiência e preparo na área. Antigamente chegavam programando, hoje mal sabem como criar uma web page.

Concordo totalmente! As pessoas dizem "essa geração já nasce digital, que incrível, são muito espertos". São nada! E pela primeira vez vejo alguém falar sobre isso publicamente e com tanta clareza.

Saber mexer em iPhone, iPad e Youtube é uma coisa. Simples. Bem simples. Quando eu era criança eu sabia mudar a TV da minha avó de canal, mas ela não. Grande coisa, dá no mesmo. Outra coisa é saber como funciona a TV. Como criar um jogo para o iPAD, o que existe por trás.

Que criança você conhece que cria algo de novo neste mundo digital? Inovações? Softwares e sistemas originais? Nossa, que espertos, eles sabem fazer um vídeo e colocar na net! Que é isso pessoal!? As crianças precisam aprender a pensar, criar, programar. Não há nada melhor para aprender a ser criativo do que programar, entender como as coisas funcionam, quebrar a cabeça. E o que menos querem hoje em dia é quebrar a cabeça - daí a popularidade dos iPhones da vida.

Criatividade requer experiência, conhecimento, aprendizado, curiosidade, trabalho.

Voltando ao Bob....

***************

Os punks não sabiam tocar. Ok, há controvérsias, mas os Ramones eram muito mais um conceito do que um grupo de músicos. Sex Pistols também. Ao invés de imitar o que está no rádio (eu diria até... FUJA do que está no rádio), crie algo novo (como anda sua criatividade, caro leitor... o que de fato você tem criado ultimamente... que é novo e interessante?).

 

RÁDIO

(haha! o tema do nosso próximo ContraPonto... que um dia sai, aguardem)

Não dá pra tocar no rádio. Esquece. A não ser que tenha contrato com uma das majors e esteja nas paradas (ou que seja uma jogada suja, política, cara... em uma rádio sem boa reputação... e portanto sem público influente). YouTube é o seu rádio. E é o rádio da nova geração. O público de 13-35 anos passa cerca de 25% do tempo de audição na Internet e 25% no AM/FM. Mesma penetração! Os únicos que não percebem são os velhos rabugentos que ficam 13% na Internet e 41% no rádio tradicional. A coisa só vai mudar quando as gravadoras forem administradas por jovens de 20 e poucos anos.

(não sei se concordo.... hummmm.... aguarde e verá).

 

BELEZURA DE LINDEZA

Não é só isso que chama o público. Carisma funciona muito mais (algumas das pessoas mais carismáticas que eu conheço são bem feias... sem citar nomes, claro). Um vídeo do YouTube pode mostrar toda sua identidade. Ou identidades. E você não está limitado á música. Artistas atuais são multi-dimensionais, mostram todas as suas facetas. Faça isso, se quiser durar.

 

flando nisso... DURABILIDADE

Quanto mais rápido subir, mais rápido vai cair.

 

CARREIRA

Não confunda sucesso no ouTube com sucesso na carreira (leia de novo... isso vale para qualquer sucesso atual do YouTube... não assuma que o figura é bem sucedido, promissor, rico ou talentoso). Efêmuro (nunca essa palavra fez tanto sentido quanto no YouTube). Não é porque você teve 1 milhão de views que deve largar a escola. Provavelmente você nunca terá outro milhão de views.

 

MÚSICA

Singles são óbvios, mas singles RARAMENTE decolam uma carreira sustentável. Carreiras são construídas sobre músicas mais "cabeça" (não cabeça tipo erudita, nem cabeça tipo Chico, muito menos cabeça tipo pseudo-intelectual... que tem de monte por a[i e me diverte... mas cabeça tipo cerebral, desenvolvida, rica, mais profunda). Se carreira é algo que te interessa, prepare-se para a frustração. Você vai crescer bem devagar. Mas enquanto isso, estará criando seu portfolio no YouTube - e ele é seu!

 

PÉ NA ESTRADA

Quase um mantra, pé na estrada, prove que é capaz e ganhe um fã por vez. O único problema é que não tem mais onde tocar. Pra que brigar por uma brecha pra tocar pra 12 carinhas que não estão nem aí? Se você der certo no YouTube, o mundo todo pode ser seu público. É claro que se tudo der certo, em algum momento você precisará ir para a estrada e ficar profissa. Justin Bieber veio do YouTube, não de um barzinho escuro. É legal ter um fã clube na estrada, mas isso é coisa de banda hippie. A galera jovem sabe que o importante é estar conectado. E a gente se conecta online. Comece por lá. Offline vem por último.

(mais uma vez.... não sei se concordo 100%... mas ainda bem, porque 100% é um saco.... é verdade que muitas estrelas atuais vieram do YouTube, mas só continuam na ativa porque tiveram, em algum momento, um belo de um empurrão - leia-se: financiamento - de uma gravadora)

 

REDE

Não peça para seus amigos compartilharem. Pare de encher o saco! Não é responsabilidade deles e eles vão se cansar de você antes que você perceba o que está fazendo (coloque-se no lugar deles... você gosta de ficar recebendo pedidos para curtir, compartilhar, enviar... escute meu som, blá blá?). Melhor deixar lapidado e ficar preparado para quando a oportunidade surgir, numa conversa de bar. Aí você saca o iPhone ou notebook e mostra o seu trabalho, eles estarão interessados. Se gostarem, irão compartilhar. Você iria para a balada sem tomar banho e se vestir bem? Então por que acredita que seu vídeo meia-boca vai se tornar viral?

 

GRANA

Ela está lá. É toda sua. Só depende de views. Se você realmente é mercenário, concentre-se em conseguir inscrições. Muita gente vai ver tudo o que você postar. Mas só comece a se preocupar com FÃS quando tiver algo que realmente vale e pena assistir (aí sim... fã é fã, assinante é assinante... a grana vem dos fãs, pouco a pouco, ano após ano).

 

EQUIPAMENTO

Você tem um smartphone, certo? Então não precisa de mais nada. Algumas das melhores gravações de todos os tempos foram feitas ao vivo, direto na fita, com vários erros. Capture o momento mágico (meio viadinho, mas não encontrei termo melhor). Ninguém se lembra de como os outros estavam vestidos, penteado ou maquiagem.. a gente só se lembra de como nos sentimos na ocasião.

Assim é o NEGÓCIO que você escolheu - conectar-se emocionalmente com as pessoas. E isso significa se soltar e arriscar.

 

O MODELO

Este é o novo modelo. Esqueça tudo o que você aprendeu (calma calma, não acho que é bem assim... todo aprendizado é válido e ajuda... mas você entendeu o que ele quis dizer, certo... as coisas mudaram profundamente). Discos, álbuns, ciclos, tudo isso já era (mais uma vez eu não seria tão radical... ciclos de lançamento ainda são muito importantes... mas realmente pouca gente liga para álbuns... o que me deixa bastante triste... mas isso é outro assunto).

Um artista atual precisa estar sempre criando, sempre aos olhos do público. Não reclama que não consegue vender discos ou que o modelo antigo acabou. Pelo contrário, explora as novas vias de onde pode vir o dinheiro. Pirataria? Plágio? Imitação? Esse deveria ser o seu sonho, torça para alguém te copiar!

Muito em breve a tecnologia de "Content ID" vai fazer você lucrar com todos os imitadores que usam sua música. Não tranque sua obra na gaveta, disponibilize para o mundo. E isso me lembra: SEMPRE DIGA SIM! Você vai sofrer abusos mais cedo ou mais tarde, de qualquer jeito (faz tempo que decidimos liberar todo o conteudo do nosso curso da Academia para download... mesmo sabendo que tem gente que copia e distribui... mesmo sabendo que tem gente que paga uma assinatura e repassa a senha para 10 amigos... e quando a gente não liberava o download, isso acontecia do mesmo jeito).

A Justiça é um meio caro e lento para proteger direitos que você provavelmente não vai conseuir proteger. Já que as barreiras para pirataria não existem, deixe fazerem o que quiserem. Não significa que você não pode vender músicas ou que não pode lucrar com streaming, mas se acha que tem controle sobre o seu material, é porque ainda não tem um fã clube. Seus esforços são em vão, seu trabalho serve como massa para outros assarem o pão. Eles vão te dar crédito se você não contrariá-los. Vão até te dar dinheiro. As pessoas gostam de pagar para aqueles em quem acreditam. Faça com que acreditem em você e você será pago. Se você toca para todos e tem medo de ofender alguém, então não está tocando para ninguém.

Você quer views e fãs - facilite ao invés de colocar barreiras.

 

 
Mais artigos...
  1. Apenas um Dia de Trabalho
    Acho que nunca fiquei tanto tempo sem escrever no Blog. Uau. Vida louca. Pelo menos tudo em cima por aqui. Espero que com você também, amigo leitor. Acabei de ver este vídeo e pensei: "Por que não retomar o blog com um pouco de comédia...". Às vezes a gente fica esperando por um bom motivo, um tema polêmico, um texto longo... mas tudo que precisamos é postar. Qualquer coisa. Ou quase qua... Continuar
  2. Como Você Define Boa Música?
    contraponto01Eu tenho algumas idéias. Meu amigo e cantor André Massita também. Participe da nossa discussão e mande sugestões de temas para os próximos programas! Se gostar, esta é a página do ContraPonto no Facebook. http://facebook.com/contrapontomusical http://www.youtube.com/watch?v=5oCzC11FgPA... Continuar
  3. Tratamento Acústico Fácil e Barato
    mentirosoAposto que chamou sua atenção! Aliás, eu arrisco dizer que em pouco tempo este vai se tornar um dos posts mais visitados do blog. Por um simples motivo: gente procurando no Google exatamente essas palavras: solução acústica barata, tratamento fácil, como tratar home studio, tratamento acústico fácil, e por aí vai. Mas se você chegou até aqui, continue, não vai se arrepender! Estão ... Continuar
  4. Última Semana de Áudio do Ano
    felipe_liscielSe você mora em Curitiba ou num raio de até 1327km, recomendo! Evento do amigo e parceiro Lisciel. Semana do Áudio em Curitiba, com participação de João Caserta (Banda Mais Bonita da Cidade)Início: 30 de Outubro, 19h "No primeiro dia gravamos uma bateria com 1 microfone, daí desenvolvemos uma tabela pra compreensão do compressor, e a partir daí aplicações com vários mics, até chega... Continuar
  5. Inscrições Abertas para a Academia Black
    Uma data muito especial para mim. Resultado de anos de planejamento, experiências e informações trocadas com leitores, alunos, parceiros e amigos. Espero que os colegas produtores, técnicos e músicos possam encontrar utilidade! Conforme prometido.17 de Setembro.50% de Desconto. Mais detalhes aqui.... Continuar
  6. Momentos Breves e Históricos
    antes_do_fim_masterOntem presenciei algo marcante. Você nunca sabe o que vem pela frente quando entre em um estúdio. Mas de vez em quando algo de mágico te pega de surpresa. Fui ao Rio para encontrar com o Lisciel e acertar alguns detalhes para o lançamento de segunda-feira. Segui para o estúdio e ele logo chegou com dois clientes. Não os conhecia, nos aprensentamos e em pouco tempo estávamos todos na técni... Continuar
  7. Ações Judiciais Ridículas
    placebo_normalDo lado de cá, um sistema judicial que engatinha e te deixa na mão quando você mais precisa. Do lado de lá, um sistema tão desenvolvido, mas tão eficiente, que beira o absurdo. Casos enviados pelo advogado Pedro Carneiro e traduzidos, resumidos, adaptados, aumentados, ou de qualquer forma alterados por mim mesmo, para deixar o post ainda mais interessante. Plagiar a si próprio(!?) Ante... Continuar
  8. Pré-Lançamento Oficial: Academia Black
      CADASTRE-SE para receber mais detalhes.    ... Continuar


página 1 de 321

Dennis Zasnicoff

rostoblog_twitter

Produtor musical, professor, rockeiro narigudo e pai coruja.

Volte sempre e deixe seus comentários.

BLOG NO SEU EMAIL

Não perca nenhum artigo.

Feed

feed-image RSS

ENQUANTO ISSO NO TWITTER...

SEJA FÃ NO FACEBOOK

Login




ACADEMIA DO PRODUTOR MUSICAL

INSCRIÇÕES ABERTAS
(poucas vagas com 50% desconto)

academia do produtor musical logotipo

Academia do Produtor Musical
EXCLUSIVA PARA MEMBROS

VISITANTES ONLINE

Temos 522 visitantes online

LIVRO GRÁTIS

Baixe uma cópia do Manual de Bolso da Produção Musical

manual_pequeno

(3a. edição, com 37 páginas sobre as etapas da produção, dicas, termos e dados de mercado. Para músicos, técnicos e produtores)

PARCEIROS

REGISTRE SUA MÚSICA


CASES PARA TRANSPORTE

hard dj case

Seja fã no FACEBOOK